Passo a passo para montar um cronograma de estudos para concurso

Aprenda a estudar em ciclos e otimize seu aprendizado

20/01/2017 - por Manoela Moreira

Você já leu em diversos lugares que o primeiro passo para começar a estudar para concursos públicos é montar um cronograma de estudos. Mas, como fazer isso?

Você até tenta, anota todas as disciplinas do edital, separa os horários de estudo, mas no final não consegue cumprir o previsto ou acredita que o plano poderia ser ainda melhor.

Então, vamos ao passo ao passo para você iniciar os estudos com um planejamento infalível!

1. Organize sua rotina

- Você sabe como gasta suas horas no dia ou tem a sensação que não tempo para nada? Para começar, você deve colocar no papel todas as suas atividades, o horário e quanto tempo leva em cada um delas.

- Inclua o tempo de deslocamento, refeições, e outras obrigações. Este também é o momento de avaliar se ir à academia cinco vezes na semana é realmente importante, ou se vale a pena diminuir a frequência para conquistar a aprovação.

- Agora, faça uma planilha no caderno ou no computador, divida em dias da semana e horários e preencha com as suas atividades. Você também encontra modelos na internet.

2. Defina os horários de estudo

- Com a planilha preenchida, identifique e calcule os horários livres em que você pode estudar por dia. Por exemplo, 1h antes de ir para o trabalho ou alguns minutos no horário de almoço.

- Não se preocupe agora como vai estudar apenas nesses 10 minutos vagos, existem técnicas para isso.

- Esticar o estudo à noite pode garantir algumas horas a mais, mas se você sentir que pode prejudicar seu sono ou não consegue render nesse horário, não insista!

3. Selecionando as matérias para estudar

- Até aqui, tudo muito lindo e fácil! Mas quais matérias estudar primeiro e quanto tempo se dedicar a cada uma delas? De acordo o (último) edital, identifique as matérias que você vai precisar estudar.

- Separe as matérias por peso, grau de dificuldade para você, e disciplinas complementares.

- Você pode até não gostar de alguma matéria, mas se ela é importante para a sua aprovação, você vai precisar dedicar um tempo para ela também. Inclusive mais tempo do que as disciplinas que você tem facilidade.

 

Leia também: As 5 maiores armadilhas para os concurseiros iniciantes

 

4. Ciclo de Estudos

- Esqueça o cronograma de estudos fixo que você aprendeu no colégio: segunda é português, terça é história, e por aí em diante. Esta fórmula não é recomendada, pois se acontecer algum imprevisto, você só vai estudar a matéria daquele dia na próxima semana.

- Aprenda a estudar em ciclos. Vamos supor que você reservou duas horas de estudo para Direito Constitucional, mas precisou sair para algum compromisso antes de terminar o plano de estudo. No outro dia, você vai continuar estudando direito constitucional até completar as duas horas definidas para o estudo dessa disciplina.

- Se você está começando, selecione cinco disciplinas básicas e defina ciclo de 10h ou 20h de estudo. Agora, distribua o seu tempo livre de acordo com o peso de cada matéria.

- Assim, se você tiver 8h livres por dia, seu ciclo vai se repetir, em média, a cada três dias. Mas se você só tem 4h disponíveis, o seu ciclo vai se estender por toda a semana.

- A medida que você vai ganhando confiança nas matérias básicas, você pode ir incluindo as disciplinas complementares no seu ciclo. Assim, você revisa e continua estudando as matérias do ciclo anterior, mas com um intervalo maior devido as novas matérias.

5. Dicas finais

- Estar em contato constante com as matérias é importante para um aprendizado eficaz. Se você incluir muitas disciplinas e passar muito tempo sem estudar alguma, revise seu ciclo de estudos.

- Lembre-se de usar técnicas diferentes de estudo. Assista as videoaulas, leia a letra da lei, responda questões e faça revisões.

- O lazer e descanso são essenciais para o aprendizado. Programe pausas a cada ciclo de estudo. Por mais que você consiga estudar 3h seguidas, o corpo e a mente precisam de descanso para continuar aprendendo e consolidando as informações. Caso contrário, você poderá ter estafa e acabar procrastinando suas atividades.

- Lembre-se de ajustar os horários de cada matéria de acordo com o seu desempenho. Se raciocínio lógico está mais difícil, acrescente uma 30h no estudo e diminua 15 min em língua portuguesa e 15 min em informática, caso você já se sinta mais seguro na hora de responder a essas questões.